e você joga poker há algum tempo ou está dando os primeiros passos na modalidade, já deve ter percebido que o esporte da mente pode ser jogado de diversas formas distintas dentro de uma mesma variante. Isso porque são muitas estruturas diferentes de partidas e torneios de poker, sendo uma das mais conhecidas aquela que chamamos de freezout (ou freeze-out).

A definição é muito simples: um torneio freezeout é aquele que não permite reentradas por meio rebuy ou add-on aos jogadores durante seu andamento. Em outras palavras, uma vez que um competidor fica sem fichas, está definitivamente eliminado da disputa.

Hoje em dia, é difícil encontrar torneios freezeout no cenário ao vivo, sobretudo pela possibilidade de rebuy e add-on significar maior faturamento – e, consequentemente, premiações mais generosas aos competidores. Mas isso não significa que esse tipo de torneio esteja extinto – muito pelo contrário…

Um bom exemplo de torneio freezout é o Main Event do World Series of Poker (WSOP), considerado o principal campeonato anual do planeta, que adota a estrutura sem reentradas. Por isso, nomes como Hossein Ensan, John Cynn e Scott Blumstein, que venceram o WSOP recentemente, tiveram uma única chance para fazê-lo. Outras competições de peso como World Poker Tour (WPT) e Kings Series of Poker (KSOP) também contam com alguns eventos freezout.

No partypoker, um dos melhores exemplos de torneio nessa estrutura é o The One Shot, que faz parte da programação Daily Legends, que está entre as mais tradicionais do site. No caso do The One Shot, são disputas diárias com buy-in a partir de $2 que deixa jogadores em pé de igualdade para o título.

Vantagens de um torneio freezout

Um dos maiores pontos positivos em relação a torneios freezout, sobretudo para jogadores de nível iniciante ou intermediário, é o fato dessa estrutura promover um maior equilíbrio. Como os rebuys não são permitidos, os competidores partem de condições iguais e só têm uma chance. Isso evita que os famosos “tubarões” mais ricos voltem para a disputa quantas vezes quiserem – fato que desequilibra a disputa em muitos torneios.

Além disso, a tendência é que o nível das partidas seja mais alto, do ponto de vista técnico. Isso porque todos os grinders iniciam a competição sabendo que só terão uma chance para o título, e por isso deverão dar o melhor de si para não zerarem seu stack e dizerem adeus à disputa. Para iniciantes, é também uma ótima oportunidade de aprendizado, e por isso esse tipo de torneio é bastante indicado para quem está começando no poker – ainda que a quantidade de derrotas seja maior que a de vitórias em um estágio inicial de carreira, o que é perfeitamente natural.

Desvantagens de um torneio freezout

Pelo fato de não permitir as novas entradas, o grande ponto negativo de um torneio freezout é o fato de as premiações não serem tão atrativas quanto em formatos high roller ou rebuys – a menos nos casos em que os buy-ins são verdadeiras fortunas. Além disso, via de regra, é preciso chegar muito longe para receber um bom prêmio, algo que não acontece em torneios como Progressive Knockout, por exemplo, em que os competidores faturam conforme vão eliminando rivais.

Outro ponto negativo é o fato de raramente um jogador com stack pequeno se recuperar na disputa, já que não há a possibilidade de fazer um add-on, ou seja, a recompra de fichas, que é permitida em outras estruturas de torneio em determinado período de tempo.
Estratégias para torneios freezeout
Como já dito anteriormente, os torneios freezout são especialmente indicados para jogadores em estágio inicial por promover um maior equilíbrio e proteção contra os “tubarões”.

A tendência é que a mesa se desenrole de maneira um pouco mais conservadora que os torneios chamados Rebuy, ou seja, nos quais os jogadores têm a possibilidade de fazer reentradas – embora elas também sejam limitadas a apenas um rebuy em muitos casos, enquanto outros torneios permitem mais de um. No freezout, ficar sem fichas é o fim da linha, e isso tende a mudar a dinâmica do jogo.

Por isso, é preciso saber a hora certa de jogar com mais agressividade. Isso deve acontecer quando seu stack for diminuindo por conta do aumento dos blinds. Nessa hora, é importante se arriscar para embolsar mais fichas. Caso contrário, seu stack só vai ficando cada vez menor e, como já explicamos, a chance de reviravolta é menor.

Em suma, é importante compreender os diferentes estágios do torneio e adequar sua estratégia entre momentos de maior agressividade e outros em que é preciso ser mais conservador do que de costume e evitar riscos que podem custar uma eliminação.

Outras estruturas de poker

Uma das grandes belezas do poker é a sua variedade de torneios, permitindo que cada jogador escolha o que melhor se encaixa em seu estilo. Além do freezout, mencionamos estruturas como rebuy, rebuy + add-on e knocktout (com as chamadas bounties), mais há muitos outras, entre elas o freeroll (com buy-in gratuito), Sit & Go (com mesas únicas), shootout (divido em rodadas), etc. A boa notícia é que o partypoker tem uma oferta de torneios para todos os tipos.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.