Em 2019, vários jogadores brasileiros se destacaram no mundo do poker em torneios ao vivo e também online. Entre os principais, dois deles são embaixadores do partypoker: João Simão e Day Kotoviezy.

Temporada de ótimos resultados para Simão

No que pode ser considerado como melhor ano da carreira de Simão no poker ao vivo, 2019 reservou momentos espetaculares para o jogador de Minas Gerais.

Mais uma vez, Simão foi o grande campeão brasileiro do Global Poker Index Ranking, o GPI — ranking que tem como propósito definir quem são os melhores jogadores do mundo nos torneios disputados ao vivo.

No GPI, Simão já tinha conquistado o título de Player of The Year do Brasil em 2018 e repetiu o feito no ano passado com uma vantagem considerável em relação ao segundo colocado (o paulista Pedro Padilha).

O resultado de Simão como campeão do ranking brasileiro no GPI foi impulsionado pela sua excelente atuação no European Poker Tour (EPT), realizado em maio do ano passado, em Monte Carlo, quando ficou com a segunda colocação em um evento válido pelo Texas Holdem.

Com essa colocação em um dos maiores torneios do planeta, Simão engordou o seu bankroll em US$ 323.644 e adicionou quase 200 pontos na corrida pelo Player of The Year.

Outro momento de destaque da temporada de 2019 de Simão aconteceu no World Series of Poker (WSOP), realizado em Las Vegas. Apesar de não ter conquistado o tão cobiçado bracelete, o embaixador do partypoker se destacou em um dos torneios.

No Millionaire Maker, 19º evento do circuito de 2019, Simão terminou com a 16ª colocação em um evento que contou com mais de 8.000 inscritos. Esse resultado foi crucial para ele somar pontos importantes no Player of The Year, totalizando 190.

Já no poker online, o mineiro seguiu brilhando nos feltros do partypoker com feitos impressionantes ao longo de todo ano. Seguindo entre os melhores do Brasil de acordo com o ranking do PocketFives, Simão continua em excelente fase e 2019 veio para somar como outro ano consistente em sua carreira digital.

Ano de consolidação para Kotoviezy

Com muito potencial no mundo do poker, Kotoviezy entrou para o início da última temporada como promessa no cenário brasileiro e terminou o ano como uma jogadora muito estabelecida após ótimos resultados em alguns dos principais torneios do planeta.

Um dos grandes destaques da curitibana veio logo no início de 2019, em março, quando brilhou no partypoker MILLIONS South America, realizado no Rio de Janeiro. No segundo evento da competição, a jogadora ficou com a 11ª colocação para somar US$ 60.000.

Em junho, foi a vez de Kotoviezy mostrar o seu talento para o Brazilian Series of Poker (BSOP), circuito de poker que é realizado desde 2006. Em uma etapa em São Paulo, a curitibana terminou em 10º no Main Event para cravar US$ 14.943.

Já no WSOPC, realizado no Rio com parceria do partypoker, ela também contou com ótima performance. Nesse torneio disputado em setembro, Kotoviezy esteve entre as 60 primeiras colocadas no Main Event.

Assim como Simão, a jogadora fez bonito no ranking do GPI. Entre as mulheres brasileiras, Kotoviezy fechou a temporada do ano passado com a primeira colocação após mais de 1.000 pontos somados no ano.

Foi a segunda temporada seguida em que Kotoviezy terminou com a primeira posição no GPI, consolidando seu status como uma das principais competidoras do Brasil na modalidade das cartas.

Expectativas altas para ambos em 2020

Enquanto Kotoviezy constrói uma história de destaque em sua carreira, Simão já encaminha para a parte final de sua trajetória. Apesar dos lados opostos, ambos os jogadores estão em excelente fase e prometem outra temporada de muito destaque na cena do poker mundial.

Vale citar que Simão já começou o ano com tudo. Em janeiro, o mineiro viajou até Notthingham, na Inglaterra, e brilhou no partypoker MILLIONS com a quinta posição de um torneio High Roller.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.