Um dos grandes nomes do poker dos últimos tempos é da cidade de Newcastle, na Inglaterra, e atende pelo nome de Patrick Leonard. Ao longo de mais de uma década de carreira profissional no esporte da mente, tanto no online quanto no ao vivo, o britânico colecionou títulos e prêmios milionários, ganhando relevância no circuito internacional.

Afinal, são cerca de US$ 14 milhões de premiação até hoje, somando seus resultados no online (US$ 11,8 milhões, de acordo com o Pocket Fives) e no ao vivo (US$ 2,5 milhões, de acordo com o The Hendon Mob). Ele está entre os 40 ingleses mais bem sucedidos nos torneios live em todos os tempos, além de já ter liderado o ranking mundial do poker online – atualmente, ocupa a 62ª posição, sendo o 4º britânico mais bem colocado.

Essa jornada começou há 13 anos, quando Patrick Leonard ainda jogava torneios e partidas por US$ 1 e tinha o sonho de ser jogador de futebol. Hoje, ele faz parte do time de embaixadores do partypoker. Conheça alguns dos grandes feitos da carreira do britânico.

Primeiro título live

Patrick Leonard começou a disputar grandes torneios do circuito ao vivo no começo da última década – ele já tinha um relativo sucesso nos jogos online. Sua primeira performance ITM foi o Deep Stack Extravaganza, em Las Vegas, levando pra casa pouco mais de US$ 1 mil e terminando em 47º.

Porém, não demorou muito pra essa cifra aumentar. Em 2012, o britânico levou seu primeiro título, e não foi em qualquer torneio: Leonard faturou um dos eventos do circuito WPT no Cassino Marbella, na Espanha. Na ocasião, Leonard venceu o húngaro Attila Kelecsenyi no heads-up e faturou o prêmio de US$ 3,1 mil.

O valor não foi muito significativo, mas o fato de ter conquistado um título no World Poker Tour já atraiu alguns holofotes para Patrick Leonard. Nos anos seguintes, ele seguiu fazendo ITMs em outros grandes torneios, como o European Poker Tour e World Series of Poker, engordando seu bankroll.

3 títulos em 5 dias

O mês de julho de 2017 foi o mais memorável na carreira de Patrick Leonard no poker ao vivo. Isso porque o jogador da equipe partypoker faturou nada menos que três títulos high roller em cinco dias e embolsou cerca de US$ 1,2 milhão – praticamente metade de sua premiação de carreira até hoje.

O primeiro título veio no Aria High Roller – disputado no cassino de mesmo nome em Las Vegas. Leonardo superou 40 entradas, incluindo o russo Igor Kurganov e o canadense Timothy Adams, e ficou com o título do evento 67. A premiação foi de US$ 403 mil – a maior de sua carreira ao vivo até então.

Ele nem teve tempo de comemorar. Três dias depois, Leonard voltou à mesa do Aria e foi campeão do evento 70 do torneio, batendo o norte-americano Josh Arieh no heads-up. Mais um título e US$ 386 mil na conta.
No dia seguinte, Patrick foi do Aria ao Bellagio, mas o resultado foi o mesmo: título na tradicional Bellagio Cup. Ele superou um field de mais de 270 entradas, derrotando o australiano Jonathan Karamalikis na decisão. O prêmio foi de US$ 475 mil, o maior de sua carreira ao vivo até hoje.

Sucesso no Partypoker MILLIONS

À época, Patrick Leonard havia acabado de se juntar ao time de embaixadores do partypoker – e naturalmente passou a ser figura carimbada em torneios live como o MILLIONS. Sua primeira participação de destaque foi em 2018, no MILLIONS Germany, disputado na República Tcheca. Ele terminou em 5º no Super High Roller, levando um prêmio de US$ 104 mil.

Porém, foi em terras brasileiras que o britânico obteve seu primeiro e único título neste circuito. Em 2019, Patrick Leonard veio ao Rio de Janeiro para a disputa do MILLIONS South America, e acabou conquistando o 6-Max Turbo, superando o português João Vieira e o argentino Oswaldo Lewis para embolsar a quantia de US$ 31 mil. Além disso, terminou em 10º no Main Event e faturou US$ 60 mil.

Sua última participação no MILLIONS foi em 2020, em Nottingham (ou seja, praticamente em casa), quando terminou em 17º e faturou US$ 40 mil.

Online

Se os números de Patrick Leonard no ao vivo já impressionam, sua carreira jogando poker online é ainda mais prolífica. Ele soma mais de US$ 11 milhões em prêmios, com 117 títulos. Para se ter uma ideia, só na Powerfest, a premiação de Leonard ultrapassa a marca de US$ 1 milhão. Em 2018, por exemplo, ele foi campeão de um dos eventos do circuito e faturou US$ 207 mil.

Seu maior prêmio, no entanto, veio na versão online do WSOPC, no ano passado. Leonardo terminou na 2ª colocação e faturou nada menos que US$ 1,6 milhão. Ele também soma quantias significativas em competições como The Big Game e KO Series.

Seja no ao vivo ou no online, é fato que o jogador de 32 anos é um competidor da elite do poker mundial e uma grande inspiração para as novas gerações do esporte da mente.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.