Fabiano Kovalski conquistou nesta quarta-feira mais um resultado expressivo em sua brilhante carreira. O sócio do Samba Poker Team conseguiu uma o vice campeonato no Main Event de US$ 3.200 da WPT Online Series e somou a sua conta (e de seus parceiros) a quantia de  US$ 401.792.

título ficou com o austríaco Christian Rudolph, que levou US$ 487.442. A premiação dos dois primeiros colocados foi definida por acordo.

Uma vez definidos os dois finalistas, Kovalski e o rival europeu chegaram a um entendimento em que ficavam garantidos US$ 457.442 para Rudolph, que começou o heads up na liderança, e US$ 401.792 para o brasileiro, com US$ 30 mil restantes a serem disputados.

Por conta do acordo, a ação no mano a mano foi rápida, ao contrário do que caracterizou o resto do torneio. Com jogadores de alto nível e uma estrutura de blinds que permite um jogo estudado, as eliminações demoraram a acontecer, especialmente depois do jogo ficar 4-handed.

Na terceira colocação do torneio, ficou o canadense Daniel Dvoress, que levou $ 249.324. O craque da América do Norte chegou a liderar o torneio em vários momentos e esteve por mais de duas horas ao lado de Kovalski com a ação 3-handed. Sua eliminação foi o estopim para a celebração do acordo e para o desfecho do torneio.

Grande momento brasileiro no WPT Online

O resultado significa a maior premiação do Brasil na série até o momento e coroa uma participação brilhante no mais importante torneio desta edição de WPT Online – não apenas de Kovalski, mas do poker brasileiro como um todo.

Além do grinder do Samba, outros dois astros do poker nacional também marcaram presença na mesa final. Luciano Hollanda, sócio do Midas Team e vice-líder no começo da decisão, terminou o torneio na quinta colocação e levou  US$ 111.782.

Cerca de meia hora e uma posição antes foi a vez da queda de Yuri Martins, que recebeu US$ 86.398. O número um do mundo caiu em cooler. Com em mãos, ele enfrentou   de Dvoress.

Para azar do craque de Curitiba, o board ( foi o board), com o brasileiro acertando um par de ases e o vilão formando uma trinca de valetes já no flop, deixou a situação do craque bem difícil.


Após a eliminação, Yuri falou com a equipe do partypoker, que transmitiu a final na íntegra, e comentou a jogada que selou sua despedida torneio.

“Às vezes você faz o abc e ganha. E às vezes tem essas FTs com decisões complicadas. Eu fiquei feliz com a minha performance em geral”, disse Yuri, que fez um call no river com todas as suas 14 milhões de fichas restantes. “Eu continuaria pagando”.

Marc Lange (4º, com US$ 163.003), Sebastian Camilo Toro Henao (7º, com $ 68.180), Rainer Kempe (8º, com US$ 54.088) e Stoyan Obreshkov (9º, com US$ 42.711) foram os outros participantes da mesa final.

—//—

MAIS SOBRE O PARTYPOKER

Para consultas e atendimento personalizado em seu idioma, contate latam@partypoker.com ou fale com o nosso WhatsApp Call Center, no seguinte telefone: +55 22 99226-5006 de 10:00 a 22:00 .

Ainda não tem conta no partypoker, crie uma a partir deste link

Compartilhe.

Comentários estão fechados.