Estudar a parte teórica, participar de cursos e dominar o lado estratégico do poker é apenas uma parte do processo de se tornar um competidor consistente a longo prazo. Para dar o próximo passo e jogar acima da média, é necessário ter o controle do lado mental e um dos maiores obstáculos de todos os competidores profissionais e recreativos é manter a cabeça fria em momentos delicados.

No poker, um dos piores pesadelos de qualquer competidor é o tilt. Esse termo é designado para descrever o momento em que o jogador começa a agir pelo instinto. É quando o impulso substitui a razão.

Thiago Decano, um dos quatro brasileiros que conquistaram um bracelete da World Series of Poker, complementa: “O tilt é a pior coisa que pode acontecer com você em uma mesa de poker. É um fato ruim de alguma coisa que acontece e que te deixa agitado. É uma reação do sistema nervoso ao estresse do jogo.”

Fatores que levam ao tilt

Em termos gerais, o tilt é sempre ruim para o jogador. Ninguém joga melhor no momento em que fica tiltado e essa alteração no estado psicológico pode fazer a diferença entre ganhar ou não.
O primeiro passo para solucionar um problema é entendê-lo. Portanto, quando o assunto é tilt, é preciso saber quais fatores ocasionam a alteração do sistema nervoso em decorrência a alguma ação negativa.

Um dos fatores mais comuns de tilt é quando um jogador perde um pote grande. Às vezes é complicado manter a cabeça fria quando você esteve bem perto do prêmio máximo, mas por algum motivo não conseguiu alcançá-lo.

Perder um pote grande, porém, não significa o fim da linha. Os jogadores que ficam remoendo a possibilidade perdida tendem naturalmente a deixar com que isso afete mãos futuras. Isso é um erro clássico de competidores recreativos.

É como o ditado do poker diz: “A melhor memória no poker é não ter uma”. Dessa maneira, passar uma borracha e não deixar com que uma mão ruim atrapalhe o restante do jogo é uma lição clássica que precisa ser aplicada por qualquer um, pois o estresse de uma possibilidade perdida pode virar uma bola de neve até chegar ao tilt.

Os fatores alheios ao jogo também podem se desenvolver até com que você tenha uma crise nervosa na mesa. No poker online, por exemplo, isso pode acontecer quando a internet oscila — por isso é recomendável ter pelo menos duas conexões disponíveis em casa. Já no poker ao vivo, coisas como adversários que não param de falar ou até mesmo iluminação excessiva podem desestabilizar o emocional.

Medidas preventivas que podem ser úteis

A experiência é um grande aliado no que diz respeito a não tiltar, pois conhecer os seus próprios pontos fracos é muito importante para prevenir qualquer alteração do estado emocional. Sendo assim, é possível se preparar de antemão com algumas situações desagradáveis e ficar resguardado quanto a qualquer possibilidade de tilt.

Para evitar o tilt, outra dica muito importante é ter uma vida balanceada além das mesas de poker. Não carregar problemas para o jogo é essencial para manter a mente limpa e equilibrada.

Vários competidores profissionais realizam trabalhos relacionados ao controle emocional. Fedor Holz é um grande exemplo disso. O alemão, tido como um dos maiores da história do poker, medita com frequência e chegou a desenvolver um aplicativo para ajudar outras pessoas no autocontrole da mente.

Não é preciso nem utilizar técnicas muito elaboradas para diminuir a chance de tilt na hora da ação. O brasileiro Caio Pessagno, um dos grandes vencedores do poker atual, afirma que ações simples como tomar água, lavar o rosto e subir as escadas podem ser efetivas na prevenção ao tilt. “Parece idiota, mas o importante é fazer alguma coisa que te lembre que aquilo (momento ruim) faz parte do seu trabalho e que o dia ainda não acabou”, conta o jogador.

Nunca subestime os efeitos do tilt

Se estressar com alguma situação adversa no poker é normal. Ninguém tem nervos de ferro. No entanto, saber administrar o impulso e não deixar com que aquilo se desenvolva é uma das habilidades mais nobres e essenciais que um competidor pode ter. Lembre-se que, numa mesa de poker, você precisa estar no controle e nunca pode deixar com que a emoção acabe tomando conta da razão.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.