Não é novidade que as mulheres vêm ganhando cada vez mais espaço no poker mundial, e não são poucas aquelas que já superaram a marca milionária em premiações – além do prestígio pela conquista dos títulos mais importantes do esporte.

Listamos abaixo as dez jogadoras de poker que mais faturaram na carreira, com direito a uma representante da equipe partypoker no top 5. Confira:

10º lugar – Joanne Liu (US$ 3,29 milhões)

A primeira da lista é a taiwanesa Joanne Liu, popularmente conhecida como J. J. Liu. Nascida em Taipei em 1965, ela se mudou para os Estados Unidos, onde conheceu o poker e se tornou uma das mais notórias representantes do público feminino. Aos 55 anos, Liu segue ativa até hoje e já soma US$ 3,29 milhões em prêmios, além de mais de 30 títulos. Seu maior prêmio foi de US$ 600 mil, quando foi vice-campeã do WPT Bay 101 Shooting Star, em 2007.

9º lugar – Maria Constanza Lampropulos (US$ 3,37 milhões)

Jogadora argentina de origem grega, Maria Constanza Lampropulos é a maior jogadora da América Latina em todos os tempos, com uma premiação de US$ 3,37 milhões. Entre os maiores feitos de sua carreira estão títulos em um evento paralelo do World Poker Tour Vienna (2015) e do WSOPC Punta del Este (2016), além do primeiro lugar no partypoker MILLIONS Dusk Till Dawn, na Inglaterra (2017), o que lhe rendeu a maior premiação de sua trajetória: US$ 1,12 milhão.

8º lugar – Vanessa Rousso (US$ 3,55 milhões)

Primeira norte-americana a figurar na lista, Vanessa Rousso começou profissionalmente no esporte da mente em 2005, e desde então vem acumulando ótimos resultados, o que lhe rendeu mais de US$ 3,5 milhões em prêmios. A jogadora de 37 anos já foi campeã do World Poker Tour e do European Poker Tour High Roller, ocasião em que levou pra casa nada menos que US$ 700 mil.

7º lugar – Liv Boeree (US$ 3,85 milhões)

A britânica Liv Boeree é bastante conhecida por suas aparições na TV como apresentadora e atriz. Mas ao longo de mais de uma década, ela também brilhou no poker. Com uma premiação de mais de US$ 3,8 milhões, é a segunda jogadora europeia que mais faturou em todos os tempos, com destaque para o título do European Poker Tour Sanremo em 2010 e um bracelete do WSOP em 2017. Aos 36 anos, ela chegou a declarar aposentadoria, mas voltou a jogar recentemente no WSOP Online.

6º lugar – Annette Obrestad (US$ 3,94 milhões)

A norueguesa Annette Obrestad chamou a atenção do mundo ao se tornar a jogadora mais jovem a ganhar o bracelete do World Series of Poker em 2007, quando tinha apenas 19 anos. Na ocasião, faturou US$ 2,013 milhões, ou seja, mais da metade de sua premiação total de carreira, que é US$ 3,94 milhões. Três anos depois, Annette foi campeã do European Poker Tour London e se consolidou no cenário mundial. Ela supera Boeree como a mais premiada jogadora do continente europeu em todos os tempos.

5º lugar – Maria Ho (US$ 4,07 milhões)

Seguindo os passos de Joanne Liu, Maria Ho é outra taiwanesa que conheceu o poker depois de se mudar para os Estados Unidos. Ela tem incríveis 63 ITMs no World Series of Poker, além de um título do LA Poker Classic, evento do World Poker Tour, quando derrotou Kristen Bicknell na final marcada pela presença feminina. Com pouco mais de US$ 4 milhões, a jogadora de 32 anos é a asiática mais bem paga da história do poker.

4º lugar – Annie Duke (US$ 4,27 milhões)

Uma das grandes representantes do poker feminino em todos os tempos, Annie Duke jogou profissionalmente entre 1994 e 2011, e por muito tempo ostentou o topo dessa lista, com US$ 4,27 milhões em prêmios. Em 2004, ela ganhou três títulos do WSOP, incluindo o Tournament of Champions, que lhe rendeu US$ 2 milhões. Também já brilhou nas mesas do partypoker com o título da Premier League em 2008.

3º lugar – Kristen Bicknell (US$ 5,09 milhões)

Representante da equipe partypoker, a canadense Kristen Bicknell é uma das maiores referências atuais para as mulheres no poker. Recentemente, ela faturou seu terceiro bracelete do World Series of Poker, se igualando a Jennifer Harman e Vanessa Selbst como únicas mulheres a conseguirem o tri. A jogadora de 33 anos também faturou há pouco tempo mais um título do World Poker Tour, somando ainda mais cifras à sua premiação de US$ 5,09 milhões na carreira.

2º lugar – Kathy Liebert (US$ 6,03 milhões)

Veterana do mundo do poker, a norte-americana Kathy Liebert está na ativa desde 1994 e ainda colhe os frutos de uma carreira brilhante, que já rendeu mais de US$ 6 milhões em prêmios. Aos 53 anos, ela tem como maior conquista da carreira o bracelete do World Series of Poker em 2004, num evento shootout, além de mais de 25 títulos.

1º lugar – Vanessa Selbst (US$ 11,90 milhões)

Das salas de aula da Universidade de Yale para o brilho nas mesas de poker: assim pode ser resumida a trajetória de sucesso da norte-americana Vanessa Selbst no esporte. Dona de três braceletes do World Series of Poker, a jogadora de 36 anos é a única mulher a atingir a marca de oito dígitos em premiações, tendo recebido US$ 11,9 milhões ao longo de mais de uma década de carreira.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.