A equipe partypoker tem um novo integrante, e não é qualquer jogador: trata-se de Benjamin Pollak, um dos maiores praticantes de poker da França e de toda a Europa. Ele se junta a nomes como Jason Koon, Isaac Haxton, Sam Trickett, Mikita Bodyakovskiy, João Simão, Patrick Leonard, Carl Froch, Kristen Bicknell, Day Kotoviezy e outras tantas feras do esporte da mente que fazem desta equipe uma das mais fortes do planeta.

“Estou emocionado e muito empolgado por me juntar à equipe do partypoker. Eles têm apoiado os jogadores desde o início e enxergam o poker da mesma forma que eu! Um jogo emocionante, sociável e divertido! Não posso estar mais feliz por ajudá-los e fazer parte dessa grande aventura. Vejo vocês nas mesas”, disse em sua conta de Twitter o grinder, que foi anunciado como “reforço” do time em setembro.

Nascido em Paris e vivendo atualmente em Londres, na Inglaterra, o experiente jogador de 37 anos carrega uma vasta trajetória no poker desde 2006. O apelido de “MagicDeal” não é à toa: por muito tempo, Pollak atuou como mágico na juventude, chegando a fazer apresentações em festas. Fascinado por truques com cartas desde sempre, encontrou sua verdadeira vocação no esporte da mente.

Confira alguns dos principais resultados e feitos da carreira de Benjamin Pollak, desde seu sucesso nos torneios franceses até a elite do WSOP.

Número 2 da história da França

O primeiro grande resultado da carreira de Benjamin Pollak foi um título no Euro Finals of Poker, em dezembro de 2007. Na ocasião, ele levou pra casa pouco mais de US$ 17 mil. De lá pra cá, essas cifras se multiplicaram e atingiram os oito dígitos.

Em mais de uma década de atuação sólida nas mesas pelo mundo todo, Pollak já faturou US$ 12,9 milhões em prêmios, de acordo com o site The Hendon Mob. Isso faz dele o número 2 da história de seu país em termos de premiação em grandes torneios ao vivo, ficando atrás apenas da lenda Bertrand Grospellier. Porém, considerando que “ElkY” tem mais tempo de atuação no poker profissional, não é absurdo imaginar que Pollak possa assumir o primeiro lugar em um futuro não muito distante.

Além disso, “MagicDeal” está entre os 20 europeus mais premiados de todos os tempos – lista que também conta com seus parceiros de equipe Sam Trickett e Mikita Bodyakovsky. No mundo, ele ocupa a 57ª posição, o que dá a dimensão de sua trajetória no poker mundial desde 2006.

Títulos no circuito europeu

Ao longo da carreira, Pollak se tornou figurinha carimbada especialmente em torneios do circuito europeu, tendo conquistado 9 de seus 10 títulos profissionais no continente. Cinco deles foram ganhos no European Poker Tour, campeonato que dispensa apresentações por sua relevância no cenário do poker.

Foi no EPT Barcelona que “MagicDeal” conquistou uma de suas maiores premiações na carreira, ao faturar o evento #17 e levar pra casa o prêmio de US$ 1,14 milhão. Ele também já ficou com o troféu no High Roller em Monte Carlo (2019) e no Omaha poker em Londres (2010). No Main Event, Pollak bateu na trave em 2015, no EPT Deauville, terminando na quarta colocação.

Pollak já finalizou ITM em nove oportunidades no EPT e outras três no World Poker Tour. O francês já fez mesa final no Main Event do WPT Barcelona em 2013, chegando ao heads up contra o canadense Chanracy Khun. Além disso, terminou em 4º no WPT Praga 2011.

Mesa final do World Series of Poker

Porém, foi no tradicional circuito do World Series of Poker que Pollak conseguiu, talvez, o grande feito de sua carreira. Em 2017, o francês alcançou a mesa final do Main Event em Las Vegas, terminando na terceira posição. O título ficou com o norte-americano Scott Blumstein, com o compatriota Daniel Ott aparecendo na segunda posição.

Apesar de não ter ficado com o bracelete, Pollak levou pra casa uma premiação de US$ 3,5 milhões, que é até hoje a sua maior como jogador de poker profissional, superando a quantia arrecadada nos títulos conquistados no EPT Barcelona e Monte Carlo.

O jogador também fez mesa final na versão europeia do World Series of Poker por dois anos seguidos (2017 e 2018) em Rozdavov, na República Tcheca. Na primeira delas, terminou em segundo lugar no High Roller, perdendo o heads up para o escocês Niall Farell. Na segunda, também no High Roller, ficou com o terceiro lugar.

Com tantos resultados de peso no currículo, Pollak chega para ser mais um forte competidor do partypoker no circuito e vai em busca de ainda mais títulos em torneios como Millions, World Poker Tour e World Series of Poker, além dos campeonatos online mais importantes do mundo.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.