Terminou neste domingo o Main Event do partypoker MILLIONS South America. E o título do torneio mais importante na história do poker no Brasil ficou com Martin Mathis . O americano – que até hoje tinha apenas US$ 370.000 em torneios ao vivo –  foi o melhor em um field de super astros e levou a premiação de R$ 3.494.800. O valor é o maior já pago em torneios disputados na América Latina.

A segunda colocação ficou com o brasileiro Bruno Volkmann , que levou R$ 2.748.400. Completou o pódio o lituano Matas Cimbolas , por uma recompensa de R$2,236,800. Os valores finais foram definidos por meio de acordo, assim que Mesa Final ficou 3-handed. Ficou acertado naquele momento que Bruno levaria R$ 2.748.400, Robert R$ 2.646.000, Matas R$ 2.232.000 e que o vencedor somaria mais R$ 848.000 à sua conta.

Completam a lista de primeiros oito colocados Samuel Gagnon  (4º, com R$ 1,480,000), Vlada Stojanovic  (5º, com R$1,200,000), Caio Hey  (6º, com R$1,000,000), Michael Skelicka (7º, com R$800,000) e Andre Busato (8º, com R$600,000). Ao todo, o torneio premiou 55 jogadores, com um ‘minicash’ de R$80,000.

MAIOR DA TORNEIO HISTÓRIA
Com sede no icônonico Belmond Copacabana Palace, o eventou mais esperado da temporada fez jus à expectativa, confirmado-se como um marco na história do poker latino- americano. Disputado ao longo de seis jornadas (Dias 1A, 1B, 2, 3, 4 e 5), o evento – que distribuiu US$ 20 milhões de reais (5 milhões de dólares) – registrou 439 entradas, uma pequena multidão recheada de muitos dos maiores jogadores do  mundo.

O garantido gigantesco atraiu grandes nomes, dos mais variados estilos. Bilionários, como o tcheco Leon Tsoukernik -cz– parceiro do partypoker e dono do King’s Casino -, lendas da velha guarda do poker, como Phil Hellmuth  e Mike Sexton , ou ícones de gerações mais recentes, como Viktor ‘Isildur1 Blom  e Dan Colman , e representantes do time de embaixadores do partypoker, como Patrick Leonard -gb-, Anatoly Filatov  e João Simão . Além de grandes nomes do Brasil, como Ariel Bahia Celestino , Yuri Martins  e Thiago Crema .

MESA FINAL DO ÚLTIMO DIA
Andre Busato  foi o primeiro a ser eliminado na mesa final (ainda no sábado), em oitavo, contra Matas Cimbolas , levando R$ 400.000. O lituano também foi responsável pela queda de Michael Sklenicka , deixando o jogo 6-handed e definindo o field do Dia 5.

No último Dia de disputa, seis jogadores chegaram vivos na briga pelo prêmio quem antes do acordo seria de R$ 4 milhões. Dois deles brasileiros. Bruno, então chip-líder, e Caio Hey , então shortstack. Com 20.300.000 de stack, o jogador de Rondõnia foi o primeiro eliminado deste domingo, ao cair diante do canadese Samuel Gagnon , levando para casa R$ 1.000.000.

Cerca de uma hora depois da queda do brasileiro, o segundo eliminado de hoje foi Vlada Stojanovic , que deixou a competição pelas mãos de Volkmann, em um all-in pré-flop de A K contra 10 10, em que o par de Bruno falou mais alto.

Com o jogo 4-handed a ritmo diminuiu, demorando pelo menos mais duas horas até a eliminação seguinte, sofrida por Samuel Gagnon , pouco antes do dinner break. O canadense caiu depois de ir all-in no river, com par de setes, contra uma trinca de quatros de Volkerman.

Após a eliminação, os jogadores foram para um dinner break. Após o retorno, fizeram o acordo que definiu a premiação. Em menos de maia hora, o lituano Matas Cimbolas  caiu, derrotado pelo americano que, assim, chegou à decisão, com leve vantagem de fichas sobre Bruno.

O heads-up durou cerca de três horas e foi cheio de altos e baixos, com os dois jogadores tendo a liderança. Na reta final, porém, o americano passou a acertar o jogo em mãos importantes e em sequência. Por volta de 23h30 de domingo, o jogador conseguiu a eliminação final, que deu um desfecho no maior torneio da história do poker nacional.

A MÃO DECISIVA

Na mão derradeira, Bruno Volkmann fez all-in de 17.700.000, com Q 2. Martin Mathis deu call, com Q 8. O board veio A 3 J 7 10 e deu o pote e o título para o americano.

Classificação Final
1 Martin Mathis R$ 3.494.800
2 Bruno Volkmann R$2.748.400
3 Matas Cimbolas R$2,236,800
4 Samuel Gagnon R$1,480,000
5 Vlada Stojanovic R$1,200,000
6 Cayo Hey R$1,000,000
7 MICHAEL SKLENICKA R$800,000
8 ANDRE BUSATO DE OLIVEIRA R$600,000

Compartilhe.

Comentários estão fechados.