Muito utilizado em diversos segmentos do mundo empresarial, o ROI é um termo extremamente popular para quem trabalha diretamente com o mercado financeiro. Sigla que em português significa “retorno sobre o investimento”, ele é também fundamental no poker.

Para entender melhor como funciona o ROI, primeiramente o jogador tem que compreender a essência desse termo. Ao simplificar na explicação, essa busca encontra a resposta para a relação entre o dinheiro ganho ou perdido através de um investimento.

No mundo dos jogadores de poker, o ROI também é frequentemente utilizado para saber o lucro ou prejuízo da participação nos torneios, mas a sua essência é muito mais profunda do que esta explicação.

Como é feito o cálculo do ROI?

O ROI tem como objetivo saber se você é lucrativo ou não e ele é designado mais para análises a longo prazo, visto que em amostras curtas esse número pode resultar em porcentagens estratosféricas que não condizem com a realidade.

A melhor maneira de entender o cálculo do ROI é através de exemplos práticos que conseguem passar exatamente como essa fórmula é calculada nos torneios, sendo eles ao vivo ou no poker online.

Por exemplo, supondo que você tenha investido R$ 100 no buy-in de um torneio e no final dele você tenha ganho a quantia de R$ 166. Dessa maneira, o primeiro passo é calcular o lucro total do torneio (R$ 66). Com esse número, basta dividir pelo pago no buy-in para obter o ROI — 66/100 = 0,66. Você pode usar o ROI de maneira decimal, ou seja, somente como 0,66, ou através da porcentagem (66%).

Tenha em mente que na maioria dos casos um bom ROI no longo prazo com amostras significativas é algo acima de 10%. No entanto, isso pode variar de acordo com o estilo do jogador e os torneios em que ele pratica.

Como lidar com o ROI?

Assim como acontece com qualquer outro tipo de investimento em que o ROI é aplicado, no poker esse cálculo precisa estar estritamente relacionado com o planejamento a longo prazo.

Ele não é a métrica mais importante para avaliar o seu jogo ou desempenho, mas o ROI pode ser útil em várias frentes. Por exemplo, um jogador com ROI negativo após mais de 200 torneios Sit & Go indica que esse tipo de competição não é o mais indicado para ele.

É preciso ter em mente que quanto maior a amostra, melhor você pode utilizar o ROI dentro de sua análise de desempenho. Por isso que se torna uma ferramenta tão importante para investidores metódicos, sejam eles no poker ou em outras que envolvem diretamente a relação com o dinheiro.

A importância do ROI no poker

O ROI não teria tanto espaço no poker moderno caso ele não fosse relevante para os jogadores e parte do que faz essa métrica ser tão relevante é a sua democracia quando o assunto é nível de jogo. Dessa maneira, o ROI é importante para amadores e profissionais.

Para jogadores recreativos e que querem rumar ao nível profissional, o ROI é fundamental para entender qual tipo de torneio você deve trabalhar a longo prazo.

É claro que o fato de apenas entender o ROI por si só e saber interpretá-lo da maneira correta não vai te tornar diretamente um jogador melhor. No entanto, certamente vai ajudar na compreensão sobre quais torneios trabalhar e isso tem um efeito direto na sua lucratividade ao longo prazo.

Com as tantas ferramentas disponíveis hoje em dia, que fazem o cálculo de ROI de maneira automática, não há desculpas para não incrementar essa fórmula matemática em suas planilhas de resultados.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.