Criado em 1985 por Sam Torosian, um dono de cassino estadunidense, o Pai Gow se tornou uma modalidade conhecida ainda na década de 1980. Cerca de 30 anos após a sua origem, a variante segue popular e com muitos adeptos no mundo todo.

Ainda não tão conhecida no Brasil, o Pai Gow Poker é uma das modalidades para ficar de olho na nova década que se adentra.

Base do jogo

Diferente do poker tradicional, como o Texas Hold’em, o competidor de Pai Gow inicia o jogo com sete cartas nas mãos. Além disso, a variante é desenhada para ser disputada com seis jogadores na mesa (além do dealer).

Disputado com 52 cartas e uma carta coringa, o Pai Gow Poker tem uma dinâmica parecida com jogos de cassino em que o jogador tem que bater o dealer para se sair vitorioso — como por exemplo o blackjack, uma das modalidades mais famosas das cartas.

Assim que o jogo começa, o jogador recebe sete cartas para baixo. A partir disso, ele precisa formar uma mão de cinco cartas e outra de duas — ambas montadas para bater o dealer.

É preciso manter em mente que a mão de cinco cartas precisa ser automaticamente melhor que a mão de duas cartas.

Já o dealer trabalha inicialmente com também sete cartas viradas para baixo. Assim como o jogador, ele precisa montar uma mão de cinco cartas e outra de duas. É um jogo de combinação e comparação.

Se apenas uma de suas duas mãos vencer o dealer, acontece um empate na rodada — também chamado de push. Se houver um empate geral entre todas as cartas apresentadas, o dealer sempre ganha.

As apostas acontecem antes do jogador receber as cartas. Essa é a única hora em que o competidor pode realizar uma aposta.

Combinações possíveis

No Pai Gow, o ranking de mãos segue o padrão básico da maioria dos outros jogos de poker.

A grande diferença é a carta coringa, que é uma extra colocada junto ao baralho original de 52 cartas. Com o coringa, o jogador tem diferentes funções com ela, como por exemplo ser usada como às ou completar qualquer straight, flush ou royal flush.

Portanto, sempre que o jogador consegue a carta coringa ele tem uma vantagem natural sobre os outros participantes.

Dinâmica

O Pai Gow Poker é um jogo em que há muitos empates. Não é raro haver várias rodadas em sequência sem um vencedor e isso é algo que diferencia completamente essa variante de outras.

Além disso, pelo fato de que no Pai Gow só é possível apostar antes das cartas estarem na mesa, o blefe se torna inútil. Não tem como foldar nessa variante e isso obriga o jogador a mostrar as suas cartas em uma espécie de showdown necessário em todas as rodadas.

A grande sacada do Pai Gow Poker é saber fazer as combinações da melhor maneira possível. Por isso, o jogador precisa entender todas as nuances possíveis e se acostumar com a necessidade de montar duas mãos em todas as rodadas.

É um jogo com regras simples. Se o competidor tem total conhecido do ranking de mãos e aprender a usar a carta coringa, o Pai Gow se torna muito fácil de ser aprendido.

Reconhecido popularmente por ser um jogo relaxante, tranquilo e até certo ponto automatizado pela não necessidade de blefe ou fold, o Pai Gow é uma indicação interessante para quem procura novas alternativas de diversão no poker.

Jogo com outras variantes

Ao longo do tempo, o Pai Gow Poker foi ganhando algumas variantes interessantes, como o Pai Gow Mania, Fortune Pai Gow, Emperors Challenge e Progressive Fortune Pai Gow.

Entre essas citadas acima, o Pai Gow Mania é o mais conhecido pelo fato de que nesse modo é permitido realizar duas apostas durante a rodada — ao contrário de apenas uma.

Vale ressaltar que são pouquíssimas competições profissionais envolvendo o Pai Gow Poker e ele é um jogo normalmente praticado nos cassinos. Portanto, é uma modalidade para se divertir e apenas jogar de modo recreativo.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.